Pesquisar este blog

domingo, outubro 14, 2007

Meu olho esquerdo


Não repare
Não me olhe muito
Pois percebi agora
Que meu olho esquerdo
É enorme
Mais permissivo
Mais revelador
Menos punitivo
Menos constrangedor
Quem me dera tivesse
Dois olhos esquerdos
Para ver apenas um lado
Para perceber melhor os outros
Pois meu olho direito
Só inflama
Só me reprime
Só me engana.

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS E A PROPRIEDADE INTELECTUALCopyright © 2007. É proibida a venda ou reprodução de qualquer parte do conteúdo deste site. Este texto está protegido por direitos autorais. A cópia não autorizada implica penalidades previstas na Lei 9.610/98.

4 comentários:

alexandre disse...

Por onde anda você menina...dê notícias!
Saudades muitas de você!!!!

André L. Soares disse...

LARISSA MARQUES [ Meus Escritos ]

Bom dia! Tudo bem com você?

Meu nome é André L. Soares. Sou do blog Gritos Verticais. Esporadicamente visito seu blog já há algum tempo e, por isso mesmo, venho convidar você para uma brincadeira, visando uma maior interação. O convite pode ser visto em meu blog, no endereço abaixo (não é vírus), acompanhado de um poema, o qual espero que você goste:


[ http://poemasdeandreluis.blogspot.com/2007/07/quem-voc.html ]


Muito obrigado por sua atenção. Desejo a você sucesso, saúde e sorte,... sempre!



André L. Soares.
.
.
.

alexandre disse...

Presente pracê lá na Fábrica!
Bjs!

Leandro Jardim disse...

Hmmm adorei!