Pesquisar este blog

sexta-feira, outubro 20, 2006


Ama-me sem pudor
Enquanto ainda houver amor
Enquanto nos queimar a chama
Ama-me sem pudor

E quando não houver mais amor
Deixe a brasa nos consumir
E se ela se apagar
Ama-me pra se despedir.
DIREITOS AUTORAIS E A PROPRIEDADE INTELECTUALCopyright © 2006. É proibida a venda ou reprodução de qualquer parte do conteúdo deste site. Este texto está protegido por direitos autorais. A cópia não autorizada implica penalidades previstas na Lei 9.610/98.
Convido você leitor, para que visite meu blog:

3 comentários:

Mary disse...

Uau! Intenso! Maravilhoso amar sem medir!

Bjus!!!

Larissa Marques disse...

Nunca dá ibope quando falo de amor...

Claudio Eugenio Luz disse...

Uma belissima declaração de amor,minha cara.Adorei a segunda estrofe:E quando não houver mais amor
Deixe a brasa nos consumir
E se ela se apagar
Ama-me pra se despedir.

p.s: desculpe-me pela demora, estou terrivelmente gripado

hábeijos