Pesquisar este blog

quinta-feira, junho 01, 2006


Nós

Sigamos juntos, eu e você,
E as folhas secas estralarão
Sob nossos pés
Olhemos abraçados o dia pedir licença, as chaminés,
E todos os pássaros cantarão
A um olhar nosso o amanhecer.

E enquanto houver estradas
E as ruas alargarem-se
Até o horizonte infinito
Enquanto tivermos tudo em nosso nada
E nossas peles unirem-se
Até nosso âmago mais profundo...

Seguiremos nós
A conhecer
As partes despedaçadas
Desse mundo entorpecido
E todas as cartas foram lançadas
Com exceção de nós.

Enquanto houver o desatar ou entrelaçar
De nós
Iremos ambos buscar
Todas as estações
Cada uma das emoções
Viver, adorar, amar,
E a cada amanhecer, partir.
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS E A PROPRIEDADE INTELECTUALCopyright © 2006. É proibida a venda ou reprodução de qualquer parte do conteúdo deste site. Este texto está protegido por direitos autorais. A cópia não autorizada implica penalidades previstas na Lei 9.610/98.
Convido você leitor, para que visite meu blog de prosa:
http://www.calamidadevisceral.blogspot.com/

9 comentários:

Nilmar Paz disse...

Que bom pode viver, voar...a poesia é a doçura...amei sua poesia...não precisar acordar todos os dias no mesmo lugar...é bom estar em todos os lugares...fique com Deus

Aerodrama disse...

Belo!!! Teus escritos sempre acabam por me cutucar em cantos remendados, nas sensações encarceradas!!!! Admiro teus escritos!!!

Um grande abraço,
Aerodrama.

Leandro Jardim disse...

"e a cada manhã, partir"... feliz do enamorado consciente da ilusão. Chama-se poeta!
bjs

Claudio Eugenio Luz disse...

Pura luz,irradiando um dom original para cantar essas manhãs.

hábeijos

l. rafael nolli disse...

Larry, além de grande oetisa, vc é uma pessoa encantadora. Adorei o verso, que trás uma esperaça forte onde se pode agarrar! Abraços!

l. rafael nolli disse...

corrigindo: poetisa

Freddie Fernandes disse...

Bela poesia, um bonito texto. Quando penso que já li o seu texto mais bonito, você me aparece com isso tudo aí.. Você me surpreende. Parabéns, sucesso.

Alexandre disse...

Chances para dois! É pegar ou largar!
Bjs

Bill disse...

Sempre há esperança enguanto houver amor...

Achei lindoooo demais esse poema... Lindo demaissssssss

:***