Pesquisar este blog

quarta-feira, abril 05, 2006

O céu de minha boca
Está nublado
Ali se esconde um poema
Por hora, perdido, falido,
Com rimas pobres, doentes,
Famintas talvez extintas,
Nessa selva que é meu ser.
Um suspiro profundo
Leva algumas nuvens
E me faz chorar
Chovem pétalas azuis
Nos campos por dourar
Ouvia alguém sorrindo
Como se o poema fosse vingar
Mas eram apenas sombras,
Nossas sombras espalhadas
Sobre o capim
Nus, bêbados do orvalho,
Que molhava nossos cabelos
Recordamos as velhas rimas
Do poema antigo
Esquecido por uma década
Numa nuvem que não caiu.
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS E A PROPRIEDADE INTELECTUALCopyright © 2006. É proibida a venda ou reprodução de qualquer parte do conteúdo deste site. Este texto está protegido por direitos autorais. A cópia não autorizada implica penalidades previstas na Lei 9.610/98.
Convido você leitor, para que visite meu blog de prosa:

9 comentários:

Bill disse...

Ola...

Simplesmente perfeito... Começo lindo demais:

"O céu de minha boca
Está nublado"

Terminando com: "Numa nuvem que não
caiu."

Simplesmente fabuloso, uma procura pela poesia que sempre esta a rondar, e nós que sempre estamos tentando ordenar as palavras.

ADorei

Otimo dia

Claudio Eugenio Luz disse...

As rimas podem não existir, porém , as palavras ...jamais pobres, doentes,
Famintas ou mesma extintas; pelo contrário.

hábeijos

claudio

Rubo Jünger Medina disse...

Larissa, por que o poema ficou perdido nesse infinito que o céu da boca? Por que as rimas se perderam no seu ser?
Abraços.

Alexandre disse...

Perfeito e Nobre o seu poema!

Alexandre disse...

Obrigado pela visita! É uma honra. Vc está nos meus favoritos!

*CAROL* disse...

"Nessa selva que é meu ser" - adorei esta frase, ela diz tudo o que somos... uma miscelânea de sentimentos, atitudes, pensamentos... adorei o todo. Beijos poéticos

Edilson Pantoja disse...

Belo!
Abraço!

Warum Nicht? disse...

agora a bonança, pois teu poema já choveu!

Lucimar Justino disse...

"O céu da minha boca/ Está nublado". Lindo, lindo, lindo. Parabéns!!!